Borboleteando...

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
A vontade impulsiva de escrever e depois de ver tantos blogs interessantes me levou a criar um também... como borboleta, vou borboleteando por aí, sem saber onde isso vai dar nem onde irei parar... Bons vôos... εïз~*~

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Soooonha, Alice!

"- Quando eu uso uma palavra - disse Humpty Dumpty num tom escarninho - ela significa exatamente aquilo que eu quero que signifique ... nem mais nem menos.
- A questão - ponderou Alice – é saber se o senhor pode fazer as palavras dizerem coisas diferentes.
- A questão - replicou Humpty Dumpty – é saber quem é que manda. É só isso".
(Trecho de Alice no País das Maravilhas, de Lewis Carroll)


As palavras exercem um poder tremendo na vida das pessoas... Às vezes que acho que Deus tava muito louco na hora em que resolveu nos dar este privilégio de falar. Como pode esse monte de letrinhas juntas, escritas ou faladas, causar tanto rebuliço, tanto estardalhaço, tantos sentimentos diversos. Uma única palavra pode, dependendo da entonação de quem fala, escreve ou até mesmo lê, despertar diferentes interpretações.
O mais interessante é que, em muitas ocasiões, nosso estado de espírito é quem determina a interpretação. Como o Humpty Dumpty disse pra Alice: a questão é saber quem manda.
Tá meio sem nexo, né? Mas eu explico (é que ando meio desconectada do mundo ultimamente - e, segundo alguém ali, extremamente chata). Veja bem:
A professora, vendo que a criança não foi bem na avaliação, decide escrever um bilhetinho, cheio de carinho e preocupação pro seu aluno, bem ali no cantinho, logo abaixo da nota 2,5 do infeliz: "Caro Abelardo, com um pouquinho mais de esforço e dedicação, você conseguirá melhores resultados nas próximas avaliações! Estude mais! Confio em seu potencial!"
Até aí, tudo bem. Só que, quando nosso querido "Abelardinho" recebe a prova e vê o dois e meio, a vista fica logo meio turva, lagriminhas querem escapar dos olhos e ele já lê diferente: "Caro Abelardo, você não estudou foi nada. Ao invés de ficar detonando os jogos no Play3, vá estudar seu vagabundo. Desse jeito você não passa!"
E quando o "Abê" vai, todo se tremendo, entregar a tal nota bombástica pra mãe, que trabalhou feito burra de carga o dia inteiro, ainda trouxe trabalho pra casa, preocupada com as contas, acabando de chegar Às 20h30 estressada com o trânsito? Sabem qual a leitura que esta pobre senhora faz? Lá vai: "Ô Abelardo, você não estudou não, foi, seu porra? Tá pensando que dinheiro nasce em árvore, seu vagal? O que esta fia da mãe dessa professora anda ensinando a você que não aprende nada? Não confio mais é no potencial dela!"
É fogo, né? E a importância fantástica da pontuação? Uma mísera vírgula pode mudar todo o sentido da frase. Veja só que confusão as palavras podem causar na vida de um cidadão:
A faxineira da Sílvia, do quarto andar, acaba de chegar da padaria com a fofoca mais quentinha que o pão! Como não tinha ninguém em casa pra contar, ela resolve deixar um bilhete pra patroa (pq fofoca que é fofoca tem que ser contada ali, na hora, nem que seja através de bilhete). E escreve:
"Dona Silvia, aquela mexeriqueira do quarto andar, traiu o marido com o filho do padeiro!" - Deixou o bilhete colado na tela da televisão e foi pra casa, pensando até se cobraria hora extra pelos dez minutos que passou além do expediente escrevendo o bilhete pra manter a patroa informada dos babados!
Mas, quem chegou em casa primeiro foi o dono da casa, o Carlão. Cansado, sentou no sofá, tirou o sapato, pegou o controle da tv e... opa! O que será aquilo ali? Pegou o bilhete e fumaças saíram pelos seus ouvidos e nariz! Então aquela vadia o estava traindo com o filho do padeiro? Noooossa, nem vou contar o que aconteceu, pq cenas de violência explícita são censuradas neste blog! E tudo por causa de uma virgulazinha depois do mexeriqueira... Seu Carlão nem lembrou que no 403, apto. vizinho ao seu, morava a Lourdinha, uma tremenda mexeriqueira, que se atirava pra cima de tudo que era homem do bairro. Tsc, tsc, tsc...
E as conversas no MSN? O namorado fica online e vai falar com a namorada: "Boa noite!".
Ela, estranhando, já pergunta logo: "O que aconteceu? Você não gosta mais de mim! Tem outra na jogada, né? Pode ir falando, de-sem-bu-cha seu cretino!!!"
O coitado, sem saber do que se trata diz que não faz a menor idéia e a briga começa até, depois de uma hora e meia, ele descobrir que o motivo de tanta irritação foi pq ele falou "Boa noite!" e não "Oi amor!".
Por que eu tô escrevendo sobre isso? Sei lá! É que às vezes acho que se a única linguagem que falássemos fosse a do coração, as coisas seriam bem mais fáceis... Soooonha Aliiiiiceee!!!
As palavras enternecem, acarinham, abraçam, enlevam, sublimam, mas teeem horaaa... tem hora que as palavras fazem um estrago grande! Depende de quem manda!
Pensamentinho de Cabeceira:
"- Podes dizer-me, por favor, que caminho devo seguir para sair daqui?
- Isso depende muito de para onde queres ir - respondeu o gato.
- Preocupa-me pouco aonde ir - disse Alice.
- Nesse caso, pouco importa o caminho que sigas - replicou o gato".
(Trecho de Alice no País das Maravilhas)

18 comentários:

Max Psycho disse...

vc esta coberta de razão, aplaudo em pé as suas considerações, as palavras são uma arma muito forte e cortante, portanto temos que pensar bem ao proferi-las pois palavra dita não volta atras, e Deus quando nos fez Deus nos um c´perebro e tudo que vamos fazer passa antes por lá, oou seja para pensarmos se vale realmente a pena fazer ou dize tal coisa, pena que não o usamos e agimos de impulso, gatinha a cada dia te adimiro mais e mais, tu escreve que é uma maravilha, bju grande

Desventuras em Série disse...

Minha querida...primeiramente quero agradecer o "abraço" que me deu...realmente estou precisando disso nos últimos dias. Até um amigo da faculdade disse que estava em uma semana de dar abraços...e eu respondi que estou em uma semana de receber abraços...agradeço seu carinho, viu!

Agora seu post..concordo com o Max...vc escreve muuito muuito beeem mesmo..e realmente as palavras tem muito poder...principalmente o poder de magoar as pessoas...uma coisinhaa de nada pode fazer com que alguém se magoe...=/

O jeito é pensar muuuito bem antes de dizer alguma coisa...pensar nas consequencias que essas palavras irao trazer..!!

Beijãão enormeee!!!

Ca Mi La disse...

Ai o que eu mais quero é que esas férias chegam logo!

NEM DEU PRA EU LER O POST TÁ TÃO GRANDE!
HAHAHA DESCLPA! =)

ºDreº disse...

Obrigada.
Tô feliz de mais com o meu príncipe.!!

Tô meio sumida mas juro q nas férias eu reapareço.

Beijos

Bonecah de Pano disse...

Oi lindonaaa.
Amo seus posts.
Eles são todoss significantes (demais), e sempre emociona meu coraçãozinho!

E realmente, espero que demore muito pra eu fazer aqqqqueeeele post em sua homenagem..
huahuaahua
Até porque, quero muito mais tempo pra te conhecer.

Boa quinta menina linda!

•.¸¸.ஐBruneLLa Wyvern disse...

Se todos falássemos a linguagem do coração e pudéssemos mudar o mundo e construí-lo com a mesma matéria com a qual fazêmos os sonhos, ia ser tudo muito diferente...
COntinuarei sonhando também!
E eu amo a Alice!
beijos e borboleteios

Eool disse...

ameey ,depois visita o meu blog!bjinhuus

mateusbonez disse...

vc esta coberta de razão (milhões). Adorei o momento 'Boa noite!' KSAASKOSAK, eu fico fulo por isso amei essa parte do texto, me identifiquei KKK.

Beeijão Sammyyra, te esperando sempre

http://tiomah.blogspot.com/

Nathállia Motta disse...

linda, obrigada pelas dicas!vou tentar seguir elas, mas sei que vai ser bem dificil!
mais si eu não tentar, nunca vou saber se vai dá certo!
preciso arrisca!rs
beejos
(passo depois pra ler o post,pois to no pc da escola!hahahaha)
beejos

Michelly de Paula disse...

E ai de nos se nao controlarmos essas palavrinhas!
Fim de ano eh uma correria mesmo, na facu mesmo ta uma loucura!!!
Saudades!
bjaaaooo

Nathállia Motta disse...

o novo endereço do blog:

nathalliaaenrolada.blogspot.com

Aline Lôbo disse...

Samm.. saudades de você garota! Lendo suas mensagens, lembrei de nossas conversas cheias de graça.... to passando pra dizer q ta vindo mais um rebento por aí.... Tialy vai ganhar um irmãozinho (ou uma irmazinha)...
Bjus pra tu ....

Bonecah de Pano disse...

Oiii.
Tuddo beeem?
Passei aqui só pra avisar que tem post novo no meu blog.
Tô esperando sua visita, hein?

Beeeijo.

Giiu disse...

Oooi. Paassei por aqui praa te avisar do meeu novo concurso: Concurso "The Perfect Blog", se tiver interessada, acesse: http://concursotpb.zip.net Briigada! To te esperando por lá ;D

Sarinha disse...

Tem horas que as palavras faltam quando deveriam sair ..
E sobram qndo deviam faltaar!
Eitaa contradição.. E pior! Elas marcam que é uma beleza!!
Mas.. a boca fala tudo q o coração ta cheioo.. fazer oq?! hehe
Bju Gemeea!

A filha única disse...

As palavras tem um poder fantástico, e devemos sempre agradecer por não sermos mudos! :D
Mas assim como as palavras podem magoar, elas podem trazer muitas felicidades, e isso nada pode comprar :)
beijo!

Y a s h a disse...

haha.
Quanta razão...
A palavra tem um poder sobrenatural, eu diria, tanto demolidor quanto sublime. E uma vírgula pode significar uma vida, em?! hsuhasu.

Obrigada pelo carinho, que bom que gosta do que escrevo. :)

;*

Y a s h a disse...

Ah, e que teu coração te beije, sim, não só agora. ;*