Borboleteando...

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
A vontade impulsiva de escrever e depois de ver tantos blogs interessantes me levou a criar um também... como borboleta, vou borboleteando por aí, sem saber onde isso vai dar nem onde irei parar... Bons vôos... εïз~*~

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Olha eles aqui: a Menina e o Coração


Por Que a Gente é Assim?
Cássia Eller
Composição: Cazuza / Frejat / Ezequiel Neves

Mais uma dose?
É claro que eu estou a fim
A noite nunca tem fim
Por que a gente é assim?
Agora fica comigo
E não desgruda de mim
Vê se ao menos me engole
Não me mastigue assim
Canibais de nós mesmos
Antes que a tetra nos coma
Cem gramas, sem dramas
Por que a gente é assim?
Você tem exatamente
Três mil horas
Pra parar de me beijar
Você tem exatamente tudo
Pra me conquistar
Você tem exatamente
Um segundo pra aprender a me amar
Você tem a vida inteira
Pra me devorar...
Mais uma dose?
É claro que eu tô a fim
A noite nunca tem fim
Por que a gente é assim?
A Menina caminhava devagarinho pelas ruas anoitecidas, segurando com o máximo de cuidado aquele pequeno pacote, carinhosamente preparado e embrulhado por ela. Escolhera o papel mais bonito: azul celeste, com pequeninas nuvens espalhadas e, para arrematar, um laço de fita cor-de-arco-íris, desses assim, bem coloridinhos.
-Será que o Coração irá gostar? Qual será sua reação ao abrir o presentinho? Feliz ficará? Sorrisos dará? - a Menina, ansiosa como era, se perguntava, enquanto abraçava o embrulho.
No meio do caminho, encontrou flores (rosas amarelas) e decidiu colher algumas. Por conta disto, coloridas borboletas resolveram juntar-se a ela nesta caminhada (não sei se atraídas pelo cheiro das rosas, pela fita cor-de-arco-íris ou se pelo barulhinho que saía de dentro de um peito ávido pela magia do encontro.
Sentado à beira do lago, já estava o saudoso Coração. Sorrisos, abraços e afagos trocados e, de mãos dadas, sentaram-se onde antes estava apenas um, ou ainda, como diria o Coração, onde estava apenas metade e agora chegara a outra metade para tornar o inteiro!
Mordendo nervosamente o cantinho da boca, a Menina entrega, meio envergonhada a caixinha. O Coração fica um tempão só admirando o embrulho, mergulhado na fitinha colorida em meio ao céu de nuvens branquinhas. "Ela sempre pensa em tudo!" - pensou.
Foi abrindo devagarinho... primeiro a fita, depois o papel para, só então, e aos pouquinhos, tirar a tampinha. Os olhos do Coração brilharam diante de tamanha surpresa: de dentro da caixa saltaram muitos, muitos beijinhos que invadiram todo o seu ser! Os mais carinhosos, os mais calorosos, os mais estalados, os beijinhos que só poderiam ter um único destinatário: o único e verdadeiro AMOR!
Então, apontando para cima, o Coração apontou o presente da Menina: a lua imponente a brilhar num céu de estrelas. Lua esta que, entre flores e borboletas, testemunhou a mistura de corpos, energias, almas, sentimentos, Menina e Coração!
Pensamentinho de Cabeceira:
"Quanto mais desejo um beijo seu,
muito mais eu vejo gosto em viver, viver"...
(Djavan)

15 comentários:

Ca Mi La disse...

Assim como ela, eu também sempre penso em tudo!
E sou tão criticada!!!
(*Deixa o futuro rolar, não faça muitos planos e bla bla bla)

beijão que saudades de voce!!

Sarinha disse...

Aah.. Esse amor que não cansa de amar. Que promete a lua, as estrelas.. Que ama e pronto!
Aah.. Esse coração aquii tá doidinho pra viver um amor assim! Desse jeitinho! Com direito a 'borboletas' na barriga!!

Gemeaaa lindaa!
Bjaao!

Moni disse...

amar... isso é maravilhoso!!! tenha um lindo natal! beijos

Ane Talita disse...

Que cantinho mais bonito, o seu!
=)

beijos.
Um Natal doce e um Ano Novo feliz!

marcela disse...

Menina que post lindo. Só a ultima parte com o trechinho da música do Djavan já disse tudo. Lindo!!
FELIZ NATAL P/ VC!
Beijos!

*Lusinha* disse...

Queria poder carregar uns beijos dentro de uma caixa para me valer deles vez ou outra. ;)
Feliz Natal!
Bjitos!

Ju disse...

adooooooooooooooro as canções da cássia eller
ótima escolha
=)

loira mexicana disse...

Que bom que vc resolveu escrever,seu blog é show!

N.m.m.A disse...

OlHA acho que comigo é mais fogo de palHA!RS porque ele foi meu amor de criança e sempre quando agente reencontra alguém dá aquele tunm tunm no coração!comigo foi assim, ñ é amor de verdade, é só uma lembrança(boa), mas quem sabe ñ rola nada, ñ sou muito de acreditar nesses lances do amor...
sou muito dura! =D

beeejos***

Dani disse...

Adoreii Sammyraa, adorei *-*
Feliz Natal :D

Anne (Ŧ) disse...

aah, não vejo a hora de viver um amor assim x}♥³

*siim meu, mto mico mesmo! --'
**aah, eu tbm sou ciumenta XD mas não que nem a minha prima.. .-.
UIAHAIOHEIASUE!

beeijos :*

Paulo Reis disse...

Hahaha! Texto muito gostoso de ser lido! você faz narrativas muito bacanas!
Bjs! Feliz Natal!

Ruby disse...

Texto legal, a imagem fofa também,gostei. Feliz Natal.

•.¸¸.ஐBruneLLa Wyvern disse...

Que texto mais... mais... mais... TUDO!
Perfeito, sublime, esplêndido, fantástico...
ain...
eu vi a menina, os passinhos dela, o encontro... foi tão lindo!
obrigada sammyra!
beijos e borboleteios

Gerlaine disse...

Amar, amar...

Isso é muito bom, hein