Borboleteando...

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
A vontade impulsiva de escrever e depois de ver tantos blogs interessantes me levou a criar um também... como borboleta, vou borboleteando por aí, sem saber onde isso vai dar nem onde irei parar... Bons vôos... εïз~*~

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

quinta-feira, 24 de julho de 2008

Soneto do amor total
Vinícius de Moraes

Amo-te tanto meu amor... não cante
O humano coração com mais verdade...
Amo-te como amigo e como amante
Numa sempre diversa realidade.
Amo-te enfim, de um calmo amor prestante
E te amo além, presente na saudade.
Amo-te, enfim, com grande liberdade
Dentro da eternidade e a cada instante.
Amo-te como um bicho, simplesmente
De um amor sem mistério e sem virtude
Com um desejo maciço e permanente.
E de te amar assim, muito e amiúde
É que um dia em teu corpo de repente
Hei de morrer de amar mais do que pude.

Quero confessar-vos que amo. O amor habitou o meu ser e inquilino se fez. Tomou posse de minh'alma, recusando-se a deixar-me em paz. Meu peito, meus poros, meus olhos, boca e ouvidos, minhas vísceras, transpiram amor, que se dissolve no vento e a mim retorna pelas narinas, através do ar que respiro.

Preciso confessar-vos que amo e que dependente estou deste amor. Não posso precisar o momento em que, sem forças, tornei-me prisioneira e deixei-me envolver pelo mais nobre e ao mesmo tempo mais violento dos sentimentos.

Necessito, imploro, desejo, anseio confessar-vos que amo. Arrebatadamente, escancaradamente, claramente, desinteressadamente, francamente, arcoírismente amo a vida, a luz, a força, a fé, os sonhos, os sabores, os cheiros, as cores e você, cujos ouvidos já ouviram minha alma sussurrar...

Pensamentinho de Cabeceira:

"O amor, é lua que aparece de repente e deixa a noite clara"...

(Jorge Vercilo)

22 comentários:

Lucas Nietzel disse...

Tbm curto mto poesia.
E seu blog tah mto legal, tem todo um toque feminino q achei mto maneiro.
Continue borboleteando por ai.
Bjos linda

DuDu Magalhães disse...

Senti um 'q' de sonhos mudados...
talvez renovados, sei lá!

- Diario da Cellenhah ♥ disse...

Noossa que poesia mais Liinda *----*
euu amei,
Beijos

blog disse...

Uma declaração de amor ao amor.
Bem feita, apesar das mudanças no pronome de tratamento.
Mas há liberdade.

Só achei que destoou com a citação de Jorge Vercilo (quem é?).

Abraços

Grijó

Cámila disse...

Aii esse amor!
é tão lindo né!

Adorei o texto me fez ficar mais apaixonada! haha
bejão

lauraluuz disse...

cool ,
passando só pra visitar e deiixar um comentário ..

:)

Riso Certo disse...

simplesmente lindo!!

bjo

Drêycka disse...

às vezes esta Lua custa longas noites para aparecer...

QUANTO AO BLOG: AMO BORBOLETAS! I LOVE IT!!!

bju. voltarei!!!!!!

Letícia Castro disse...

Ahhh eu tb não me canso de amar, afinal, do que é feita a vida? Aliás, eu amo o Poetinha.
Tô vendo que vc ganhou mais selinhos! Vc vai ter que ter um blog chamado "Borboleselando!" só pra pôr os teus selinhos! rs (o trocadilho foi horrível hehehe)
Adorei que vc voltou pra ler o texto de novo! Faz assim, vai entrando sem bater na porta, tá bom?
Beijo muito, muito carinhoso!
Um lindo dia pra vc, Sá!
Letícia.

Max Psycho disse...

eu ja perdi a esperança nesta coisa chamada AMOR, mas respeito que ama e é amado

e não fala da Madonna, ela sempre foi santinha hauahuaau

Rafa dO EVA disse...

PoOo pOesiia liinda
mii Amarreii ... aii vlw pOr comente lá no blOg tá ... vOu coloCar seu Link lá nos meus favOritos tá
BeiijãOo linda

Thay disse...

Maravilhossooo adoroo esse poemas!!
pARABENS PELO FLOG

senhorita butterfly disse...

oiee
amei seu blog,
como vc viu no meu blog eu amo borboletas
meu orkut temn qse 300 fotos
bejus
ah procura la no orkut
senhorita butterfly
bjão

senhorita butterfly disse...

oiee
amei seu blog,
como vc viu no meu blog eu amo borboletas
meu orkut temn qse 300 fotos
bejus
ah procura la no orkut
senhorita butterfly
bjão

Sarinha disse...

Ameiii a poesiaaa! tbm queroo um amoor!
bjaoo

AcidStorm disse...

Nem preciso dizer que amo poemas! E amor é um assunto que aguça meus sentidos (L) rsrsrs.



Um beijo

linith4@hotmail.com disse...

Vinicius é simplesmente PERFEITO!Adoro a obra dele!
Obrigada pelo carinho comigo,querida!Logo responderei o meme e colocarei os selos no meu blog.Bjs!!!!!!

Milla disse...

E o que seria de nós sem o amor? E amar a vida, a luz, as cores, pode ser um escape pra quem foca todos os sentimentos numa só coisa ou pessoa... Tornar-se dependente do amor pela vida é maravilhoso!
hehe...

A proposito, seu comentário no meu blog me fez pensar! Ótimo ponto! ^^

Bjoo!

My Dmes disse...

O amor, é lua que aparece de repente e deixa a noite clara"...
Bonita essa frase do Jorge Vercilo. Tocou a alma.
Prometo não sumir, o criando ilusões vai me trazer boas razões pra continuar.
Beeijooos.

Daniela™ Rocha disse...

Sobre os Engenheiros.. seríssimo, dá uma olhadinha no site oficial deles :(.


Beijão moça!

Cintia Pereira disse...

Sabe que este é meu soneto preferido? Não só do Vinícius, mas entre todos os poetas que já li. É tocante. Singelo e veroz simultaneamente.
Gostei do seu blog, vou colocá-lo entre os meus preferidos.

A.Morais disse...

Amigo....
Lembrei-me quando jovem, sentado num sofá, num dia umido e quente, bebericando chá gelado durante uma visita ao meu pai. Coversavamos sobre a vida, as obrigações da pessoa adulta. Pensativamente o meu pai remexia os cubos de gelo no seu copo e lançou um olhar claro e sobrio para mim: Nunca esqueça os seus amigos, aconselhou.
Na medida em que o tempo foi passando fui compreendendo que o meu pai sabia o que falava. Aprendi que:

O tempo passa.
A vida acontece.
A distancia separa.
As crianças crescem.
O coração rompe.
Os pais morrem.
Os colegas esquecem os favores.
A carreira termina.

Mas...Os verdadeiros amigos estão lá, não importa quanto tempo e quantos quilometros estejam entre eles. Um amigo nunca está mais distante do que o alcance de uma necessidade, torcendo por Voce.