Borboleteando...

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
A vontade impulsiva de escrever e depois de ver tantos blogs interessantes me levou a criar um também... como borboleta, vou borboleteando por aí, sem saber onde isso vai dar nem onde irei parar... Bons vôos... εïз~*~

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

quarta-feira, 16 de julho de 2008



Borboleta
Adriana Calcanhotto
Composição: Domenico Lancellotti


No lago zulu

O casulo de seda

Da larga lagarta

Do corpo de estrela

Virada no vento

Não vai mais rasteira

Terá vida nova

Farfalla ligeira

Farfalla ligeira borboleta

Farfalla ligeira

Levada na cor

Recorta do ar

O cheiro da flor

Ruído do mar

Mas foge de mim

Na borda da mesa

Ou pousa no prato

De louça chinesa

Farfalla ligeira

Farfalla ligeira borboleta

Farfalla ligeira


Um dia eu era pequena e achava que as nuvens eram feitas de algodão, que a vida era mais fácil e que a melhor coisa da vida era quando chegava de noite e eu podia sair pra brincar na rua...

Um dia eu era pequena e achava graça na florzinha que desabrochava às seis, na lua que despontava no céu, nas cores diferentes das borboletas, no cantar melodioso dos passarinhos...

Um dia eu era pequena e lambia a tigela quando faziam bolo, comia brigadeiro de colher, dava pulinhos, batia palma e soltava gritinhos para cada pipoca que escapava da panela, chupava manga madurinha e me lambuzava inteira, depois lambia dedinho por dedinho, fazia birra pra não comer feijão, beicinho pra não tomar remédio e cara de anjinho pra ganhar doces...

Um dia eu era pequena e acreditava em papai Noel, coelho da Páscoa, fada dos dentes, bicho-papão, loira do banheiro e na sinceridade das pessoas...

Um dia eu era pequena e achava que eu era feliz...


Ganhei esse selo lindo da querida Érica do Cotidiano: letras, imagens e sentimentos achei muito lindo! Amei! Valeu, Erica!


Repasso ele pra quem comentar aqui no blog! quero dividir esse com todo mundo! =)


Pensamentinho de Cabeceira:

"Um dia me disseram

que os ventos às vezes erram a direção.

E tudo ficou tão claro"...

(Engenheiros do Hawaii)

23 comentários:

Max Psycho disse...

Humberto Gessinger é um dos meus letristas prediletos, adoro engenheiros do hawaii, parabéns pelo texto

Max Psycho disse...

Como assim de onde eu tiro? os links tão logo abaixo baby, bjus muié

Max Psycho disse...

Puxa, muito obrigado, eu fico sensibilizado com isto, sei que não mereço poré, agradeço de coração, e pode ter certeza eu só passo nos blogs que eu realmente gosto e o seu esta entre eles, MUITO OBRIGADO POR TER ME DADO O SELINHO (no bom sentido hehehe)

perco o amigo mas não perco a piada

Victor Aguiar disse...

Engenheiros do Hawaii é clássico. (:
Demais seu blog!

infox comp disse...

huahuahau muito bom o blog hein parabéns. e parabéns pelo selo...


www.infoxcomp.blogspot.com

Robson Delgado disse...

Rsrsrs. Como resgatastes isto?
Letra perfeita e blog quase completo.

xD;

Soneca disse...

opaaaaaaaaaaaaaaa

visitando aki
se der da uma passadinha no meu tbm

blog legal !

http://lokuraloka.blogspot.com/

Antonoly disse...

Quando se é pequeno, salvo algumas exceções, se é feliz e muito, aí chega a vida adulta e traz junto as decepções.
Ô saudade da minha infância querida!!

www.blowgh.wordpress.com

Bruna disse...

Parece que quando a gente cresce acaba que meio se "desiludindo" da vida.
Talvez a vida não seja tão coloria e brilhantes como imaginávamos, mas mesmo assim ela nunca deixa de ser extremamente interessante.

E falando em selinhos, tem dois presentinhos pra você lá no flanando!

;**

ivana albernaz disse...

Gentilezaaa (Y)
mto tempo que não venho aqui...
como vc tá ?? bjos.

Garota Nomadi disse...

huahua que gracinha...
e ainda gosta de E.H..parabéns...bjs

~Camila~ disse...

Ah quando eu era pequena eu fazia coisas que faço até hoje!
hahahah

Vc também dá barraco* na hora de rir?! ahhaahhahah meninaaa que coisa!
askfhpsoidaur

BEIJOOS

lauraluuz disse...

vc gosta mesmoo de borboletas ..
bom, sem mt o que falar , só pra deixar miinha marquinha !

Lana Haydée disse...

Sam... que texto lindo!!!
Perfeito para a minha fase saudosista!! rsrs
Tem dias que dá uma vontade de voltar no tempo, né? Só para aproveitar mais um pouco de cada momento...
Quanto à música do Engenheiros, a primeira vez que vi essa letra foi em um livro de Português no 2º grau (é o novo!) e me apaixonei!!!

Parabéns.

• A l i n e x) disse...

um dia eu era pequena, e acreditava que não existiam pessoas más... eu era mais feliz... a inocência é uma benção...

Mas a gente precisa crescer não é mesmo?

Adorei o post!
Beeijos ;*

Marih disse...

Nooossa cada dia mais eu gosto desse blog.Me identifico c tudo borboletas, Engenheiros e gentileza!
BjOO
E valeu por me add!

Sarinha disse...

Adoreii o texto!! Mas a vida num é uma total desilusão.. Só que agora ela é vista de um outro angulo!
bju

Milla disse...

Aii cheguei atrasada, perdi um post! rs...
mas tô aqui, marcando presença! o/
enfim, comentando sobre este post atual:

"Um dia eu era pequena e achava graça na florzinha que desabrochava às seis, na lua que despontava no céu, nas cores diferentes das borboletas, no cantar melodioso dos passarinhos..."

Você sabe tanto quanto eu que você é uma das raras pessoas que não perdeu o brilho nos olhos ao perceber os pequenos (mas maravilhosos) detalhes que este mundo tem pra nos mostrar!
Um dia você era pequena e tudo era novidade... Hoje, você cresceu.. E mesmo sem ser novidade, as cores e os sons ainda te encantam...
Ahh, se todo mundo fosse assim, as pessoas talvez teriam menos conflitos dentro de si mesmas!

Bjooo!

biik disse...

amei o pensamento de cabeceira. amei o selo tbem
.
passa no meu qe tem um selo e um meme pra vce !!!

http://bejomeliga.blogspot.com

*Brisa disse...

Ja tenho esse selinho,uma graça né =)

wwww.ideias-loucas.blogspot.com
Passa la,acabei de atualizar =)

=*

Marilyn disse...

Criança tem a obrigação de ser feliz e ainda faz dessa alegria sua maior virtude!
.
Já fui muuuuuuuuito fã de Engenheiros. Na verdade, gosto muito das músicas antigas, clássicos! ;)
.
Beijo!

Vanna disse...

Querida, um dia eu tb era criança pequena e acreditava nisso tudo só q cresci e d tudo ainda ficou a crença nas pessoas.
Bjs, lindo fim d semana.

BETO FERNANDES disse...

OLÁ SAMMYRA!!

Passada para deimar meu tríplice, respeitoso e fraternal abraço.