Borboleteando...

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
A vontade impulsiva de escrever e depois de ver tantos blogs interessantes me levou a criar um também... como borboleta, vou borboleteando por aí, sem saber onde isso vai dar nem onde irei parar... Bons vôos... εïз~*~

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

sábado, 9 de agosto de 2008

Liberdade

Vôo livre
Roupa Nova
Composição: Luiz Guedes - Thomas Roth


Alçar um vôo livre
Se lançar
No mar azul do vento
Velejar
Quando o coração acende,
Explode como o brilho de cristal
Lança nas manhãs a primavera
É como um arco-íris
Na janela do quintal
Quando o coração atende,
Se atira e se deixa levar
Abre suas asas contra o vento
É como uma ave
Que começa a se soltar
Quando o coração aprende
E toma de assalto a direção
Dispara de tanta felicidade
Respira a liberdade
Que desponta como o sol

Acredito que o verdadeiro amor é livre, pois junto dele vem a confiança. Quando se confia na pessoa amada, nada nem ninguém pode abalar sua estrutura; o ser amado pode estar a quilômetros de distância e seu coração permanece tranquilo, outras pessoas podem insurgir (diretamente do túnel do tempo, ou não) e nada te atinge. Mas não é fácil ver certas coisas e permanecer imune a elas, é por isso que o amor precisa a-ma-du-re-cer.

Quando o amor amadurece, acaba o sentimento de posse (que na maioria das vezes acaba estragando tudo), você não se sente mais "dono(a)" do seu amor. Penso que esse negócio de "somos um" não passa de pura balela, que somos um que nada! Eu sou eu, você é você e, juntos, podemos trilhar um mesmo caminho, chegar a um denominador comum, mas eu continuando a ser eu e você continuando a ser você. Não há que perder a identidade porque se está amando... pelo contrário, há que respeitar a individualidade de cada um, haja vista que já existia vida pré-relacionamento!

Se eu consigo ser assim? Que nada! Mas eu quero continuar tentando, já vejo sinais de melhoras... viva!

Pensamentinho de Cabeceira:

"Alô, liberdade levante, lava o rosto

Fica em pé Como é, liberdade ...

Vou ter que requentar O teu café"

(Chico Buarque)

25 comentários:

carla m. disse...

como é possível pensar o amor diferente disso que tu descreveu?! juro que não consigo entender...

mas talvez seja o sentimento de quem se sufoca e nunca consegue chegar a sufocar, por que foge antes.

beijocas guria!!!

e obrigado pelo comentário lindo no meu blog!

douglasfert disse...

Tópico que diz tudo este aqui. (sobre amor)

Não existe esta história de duas metades se completando. Sempre serão dois inteiros, vivendo, se amando e, como vc disse, trilhando um mesmo caminho.

Certo que nem sempre é facil pensar assim. Mas o sentimento de posse só não eh pior do que a vontade de mudar algo na outra pessoa. Será que não se paara pra pensar que mudando algo em seu amado, poderá estar tirando algo que vc realmente adimirava?

mateusbonez disse...

Massa aqui :DD
Passa no meo e deixa a marca, sempre passarei por aquii, beeijos.

http://tiomah.blogspot.com

Riso Certo disse...

ouça "Liberdade" do Marcelo Camelo.

belo texto.

bjo

Monique Lôbo disse...

O amor verdadeiro é realmente indestrutivel,e concordo com vc que essa história de smos um não existe,e talvez esse seja um dos maiores problemas dos casais,não saber respeitar a individualidade de cada um.Continue tentando!rs!!!
Te linkei,tudo bem?
Bjuss

Aline disse...

Apoiadíssima, amiga.

Temos que aprender a respeitar a individualidade do outro. Sempre serão 2 pessoas diferentes, com pensamentos diferentes, vivendo juntos.

(mas é tão dificil aceitar isso rsrsrsrsr)

Max Psycho disse...

comcordo plenamente para amar tem que respeitar e aceitar a outra pessoa como ela é, a pessoa que tenta te mudar ou fazer que voce seja igual a ela, com certeza não deve te amar tanto, pois quem ama não ve defeitos só enxerga as qualidades, gatinha, seus textos são uma delicia de se ler, bjus

Mandy disse...

Passando pra dizer q acabei de atualizar o blog, da uma conferidinha lá no post!!!

E têm selinhos para você!!!

^^

BjO.

Sabrina Sancler disse...

ahhh hj mesmo vou postar algo sobre^^

bjusss gata

Nandu disse...

Bem legal,eu não costumo ler esse tipo de coisa,e não estou acostumado.
Gostei também da citação do Chico Buarque...


passa lá no meu blog tb...

ºDreº disse...

Desculpa.
Eu me cadastrei nun site doido sobre gifs.
E postaram isso no meu blog.
Só fiquei sabendo agora.
Mas... Vou tirar.

O Autor, disse...

Você escrever coisas tão belas e verdadeiras!

instantes e momentos disse...

Ótimo blog, vou voltar sempre aqui.
Tenha um belo final de semana;
Maurizio

Sofi *-* disse...

Nossa mulheeeeeeeer, arrasou horrores no texto, parece que você sabe das coisas que acontecem na minha vida e escreve pra mim (não é a primeira vez)

Ameei *-* e a melhor coisa que há é AMAAAR de verdade!!
Bom final de semana!

Tatah Marley's Confissões disse...

Adorei!
Nenhum namoro sobrevive sem confiana, e isso é sinal de liberdade, afinal, eles não estão ali pra serem do outro, mais sim, pra completarem o outro!
Muito bom o post!
:)

Tatah Marley's Confissões disse...

Adorei!
Nenhum namoro sobrevive sem confiana, e isso é sinal de liberdade, afinal, eles não estão ali pra serem do outro, mais sim, pra completarem o outro!
Muito bom o post!
:)

biik disse...

aah, eu nao sei bem o qe eh o amor... mas imagino qe seja assim, acho qe amor possessivo, sem confiança nao eh amor...

acho qe sou meio diferente da maioria das garotas ! acho qe meu lado romantico ficou pra tras ! :P

o importante eh mesmo ser feliz, acho qe se estiver feliz com algem, dane-se o resto. nada de se preocupar e ficar procurando problema !

e desculpa minha ausencia ! :P adoro seu blog, e sempre qe possivel to aqi !

http://bejomeliga.blogspot.com

Marih disse...

"Liberdade – essa palavra
que o sonho humano alimenta:
que não há ninguém que explique,
e ninguém que não entenda".
(Cecília Meireles)
Quanto ao seu comentário tem coisas que são assim, agradam a uns e desagradam a aoutros. Mas isso é o legal da vida!
Bjimm
Bjimm

__((::_Perfect Girl_::))__ disse...

Belíssimas palavras... (como sempre!)
Não existem outras formas de dizer exatamente o que é amar!

texto perfeito como sempre!

beijos

Daniela Filipini disse...

Liindoo, lindo poost (LL)
tomara que eu ganhe mesmo! hehe
qualquer hora eu posto aqui pra vcees (:

Amanda Diógenes. disse...

Sammyra, você gostaria de ser 'linkada' no meu blog??
:D

JIME disse...

Cada vez mais eu amo o "Boboleteando".
Abração.

Coli Gessinger disse...

Amor... há tempos não lia uma bela e simples descrição para tal sentimento! Parabens pelo texto! Bju ~*

berenice disse...

É mesmo muito difícil separarmos os sentimentos de amor e paixão, desta coisa da posse. Geralmente isso destrói as relações e ao invés de sermos uma soma de vivências terminamos por subtrair...

Postei um texto de Lou-Salome que acho perfeito, que diz muito sobre esta questão do somar. Dá uma olhada:

http://blogdaberenice.blogspot.com/2007/10/s-aquele-que-permanece-inteiramente-ele.html

Apenas não é fácil... realmente não é fácil pôr em prática. Mas vamos tentando, como você mesma disse.

Abraços,
Berenice

berenice disse...

Ah sim! Obrigada pelas visitas e elogio. Herdei meu nome da minha avó e não é muito comum. Na verdade é um nome bem antigo. E Sammyra é também um lindo nome!

Bjs