Borboleteando...

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
A vontade impulsiva de escrever e depois de ver tantos blogs interessantes me levou a criar um também... como borboleta, vou borboleteando por aí, sem saber onde isso vai dar nem onde irei parar... Bons vôos... εïз~*~

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

domingo, 17 de agosto de 2008

"..."

Além Do Arco-íris
Luiza Possi
Composição: Harold Arlen


Além do arco-íris
pode ser
que alguém
veja em meus olhos
o que eu não posso ver
além do arco-íris
só eu sei
que o amor
poderá me dar tudo que eu sonhei
um dia a estrela vai brilhar
e o sonho vai virar realidade
e leve o tempo que levar
eu sei que eu encontrarei a felicidade
além do arco-írisum lugar
que eu guardo em segredo
que só eu sei chegar
um dia a estrela vai brilhar
e o sonho vai virar realidade
e leve o tempo que levar
eu sei que eu encontrarei a felicidade
a luz do arco-íris
me fez ver
que o amordos meus sonhos
tinha que ser você....

Eu quero ser uma reticência! É isso... Quero ser uma completa reticência...

(...)

Pensamentinho de Cabeceira:

"Todo dia, a menina corria o quintal, procurando um arco-íris. Corria olhando para o alto, tropeçava e caía. Toda vez que se machucava, vinha chorando uma cor. Um dia, chorou o anil até esvaziá-lo dos olhos. Depois, chorou laranja, chorou vermelho e azul. Chorou verde. Violeta. Amarelo e até transparente! Chorou todas as cores que tinha, todas as cores de dentro. Então, abriu os olhos e nem o arco-íris, ela viu. Não viu flores e borboletas. Não viu árvores e passarinhos. Pensando que era ainda noite, deitou-se na cama e dormiu. Pensando que era tudo escuro, nem levantar-se ela quis! Ficou dormindo cinzenta, por dias e noites sem fim... Foi quando um sonho, tão colorido, derramou-se dentro dela! Tingiu o travesseiro e a fronha, o lençol e o pijaminha. Tingiu a meia e o quarto. Tingiu as casas e os ninhos! A menina abriu a janela e viu que hoje não tinha arco-íris. Mas tinha o desenho das nuvens. Tinha as flores e um passarinho."

(Rita Apoena)

29 comentários:

Max Psycho disse...

gatinha que ta acontecendo, fiquei preocupado om o comentario seu no meu blog, eu sei que todos temos problemas mas enfim temos que enfrenta-los de frente e voce é uma garota cheia de vida, seus textos são maravilhoso, eu realmente não to falando da boca pra fora, então seja qual for o problema lembre-se que Deus esta do seu lado ou melhor do nosso ele nunca desampara seus filhos, bjus gata e boa sorte, estou aqui sempre torcendo por vc gata, bjus mils

- Tiffany disse...

muuuito obrigada pela forc;a meu anjo!!!

já me resolvi, ainda bem!

biazinha disse...

Que linda a conjugação de música e poema!
Que bom que queres ser uma reticência e não um ponto final, não é?
Reticências denotam continuidade...sempre!

Beijos.

vanessa lopes disse...

que lindo...
bem delicado.

João Videira Santos disse...

Além de tudo, o importante é rasgar o ventre do sonho e voar ao encontro da realidade...
(Agradeço a visita, o comentário e, se o sonho permitir, voe até à realidade...volte sempre!)

Mandy disse...

Acho q a maioria das mulheres deve sofrer disso tbm... hahaha

^^

mas é a vida né... fazer oq?! o.O

Adoro as músicas e os poemas q vc posta aki flor!!! Sempre são tão lindos.

BjO.

Talles Borges e Borges Moreira disse...

Lindo o poemaaa
Linda composição
Sempre tou aqui marcando presença
Bj lindaa
Fica com deus!

Dayany disse...

esse texto da rita apoena é lindo!
ja tinha visto outros dela...
vou até guardá-lo no meu livejournal
:P

ja está melhor né? :]
beejo!

B. disse...

Você é bem eclética e mesmo assim mantém o bom gosto! Hahahahaha! Ah, o Peter Pan é lindo... tenho uma quedinha pelo et, sabia? =x

disse...

Acho que eu sou a menina!
hahahahaha

Quanto tempo que não comentooo ai aii
!

beijos!
té mais

disse...

Acho que eu sou a menina!
hahahahaha

Quanto tempo que não comentooo ai aii
!

beijos!
té mais

αnnє, disse...

aah, eu amo seus posts *----*
fazem eu ficar meia hora pensando em um monte de paradas ae.. :s

beeijo :**
http://screamingmore.blogspot.com

Sabrina Sancler disse...

aee xD..já está aceita^^

bjuss gatona

|†| Fernanda |†| disse...

Hum, imaginei...

Obrigada pelo Post..

vc tbm diz tudo no que vc coloca no blog, afinal pode ser por poemas ou musicas nos expressam!

Abraçoi.

Carol disse...

Que lindo!! =D
Música linda, pensamento de cabeceira lindo!!!
PS: Reticências...
Também adoro reticências...

Beijão e tenha uma boa noite!
;***

Dono do Bar disse...

hummm... num curto muito essa música da Luiza! Mas ela se garante!!

Sarinha disse...

Arrisqeui e foi tão lindo! pena q nao tive um SIM.. o momento não era essa.. mas pelo menos ele sabe das minhas inteçoes! hehehe

E como assim.. um eterna reticencia??

:)

bjuu

Vanna disse...

Olá querida.
Fazia tempo não lia ou ouvia essa música. O q esperei alcancei, claro q nada é pleno pq em algum canto as cores não são as q pintamos.
Bjs, lindos dias.

Jonatas Fróes disse...

Nunca tinha pensado em ser uma reticência... Dá uma impressão de algo inacabado, contínuo, infinito... Termo interessante ;~

;*

http://musica-holic.blogspot.com/

mateusbonez disse...

Adorei *-* e também nunca pensei em ser uma reticência! Como sempre, seus texots são maravilhosos*-*

Esperando sua visita :D
http://tiomah.blogspot.com

Beijão *-*

Milla disse...

Chegay, estou de volta! \o/
Mas vem cá... vc tah bem?...
E apropósito, sou a favor das reticencias! Ponto de exclamação, virgula, até ponto de interrogação vai... Mas ponto final nunca! Bem melho, no lugar, uma reticências... =)

Olha, meu msn: c.ragazzi.f@hotmail.com ;D

Bjsss!

Bruna Fernande§ Waltrick S2 disse...

Oi
passa lá...
Estreandu hjj

"O Autor", disse...

Fico irado com os cientístas que explicaram ao mundo que o arco-íris é uma reação da luz do sol penetrando nas gotas da chuva.

Séculos atrás, penso que era tão lindo olhar para esse milagre e imaginar a magia...

ºDreº disse...

Que Postagem lindaaah.
Muito fofa.
___________
Lembre-se:Para tudo nesta vida, existe um lado bom.
___________
Beijão

Monique Lôbo disse...

Adoei o poema e a música também,muito lindos!
Bjos reticência que sempre me traz a este cantinho tão espeial!!
=)

Máa ;* disse...

eu guardo tudo em uma caixinha, todos os objetos que me recordam algo ou alguém, cartas e tudo mais. sempre que a saudade vem pra cá, eu vou ler e rever tudo aquilo..

lindíssima essa música *-*
;* beijos.

*¨*Ellaehcarioca*¨* disse...

Linda combinação da música e do textinho da Rita Apoena. Sei que sempre falo que achei lindo,mas é porque está mesmo. De muito bom gosto!!Estava com saudades daqui.
Bjinhos:)

*¨*Ellaehcarioca*¨* disse...

Linda combinação da música e do textinho da Rita Apoena. Sei que sempre falo que achei lindo,mas é porque está mesmo. De muito bom gosto!!Estava com saudades daqui.
Bjinhos:)

Luuh♥ disse...

Ola, sou a autora do Teens Club, gosto do seu blog e vim divulgar o meu outro, www.curtindonaweb.blogspot.com!
Beijao