Borboleteando...

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
A vontade impulsiva de escrever e depois de ver tantos blogs interessantes me levou a criar um também... como borboleta, vou borboleteando por aí, sem saber onde isso vai dar nem onde irei parar... Bons vôos... εïз~*~

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Maravida
Gonzaguinha
Composição: Gonzaguinha


Era uma vez eu no meio da vida
Essa vida assim, tanto mar, tanto mar
Coisa de doce e de sal
Essa vida assim, tanto mar, tanto mar
Sempre o mar, cores indo
Do verde mais verde ao anil mais anil
Cores do sol e da chuva
Do sol e do vento, do sol e o luar
Era o tempo na rua e eu nua
Usando e abusando do verbo provar
Um beija-flor, flor em flor, bar em bar
Bem ou mal margulhar
Sempre menina franzina, traquina
De tudo querendo, provar e provar
Sempre garota, marota, tão louca
A boca de tudo querendo levar
Vida, vida, vida
Que seja do jeito que for
Mar, amar, amor
Se a dor quer o mar dessa dor, ah!
Quero no meu peito repleto
De tudo que possa abraçar
Quero a sede e a fome eternas
De amar, e amar e amar...
Vida, vida, vida.


Era uma vez uma menina que vivia atrás de descobrir o que faltava para a plenitude da alma. Sempre faltava alguma coisinha para que a felicidade fosse completa: um cheiro, um gosto, uma cor... E a menina, detetive que se sentia, gastava horas e horas dos seus dias buscando as falhas e a melhor maneira de repará-las.
Quando o dia findava, lá estava ela, cansadinha, peito arfando, língua de fora, algumas gotículas de suor molhando a testa e a gostosa sensação de missão cumprida! Afinal de contas, dera um duro danado curando feridas, consertando rachaduras, tampando buracos, remendando rasgados, pintando os descascados, doando palavras, abraços, gestos, flores e canções.
Então, tomava banho, comia umas bolachinhas com leite, vestia o pijaminha e ia dormir. Dormindo, a menina sonhava com um jardim florido e percebia-se com asinhas de borboletas, dessas bem coloridinhas (com cor-de-arco-íris) e, à medida em que flanava, caíam gotinhas das asinhas, como se fizesse chover, colorindo tudo à sua volta, principalmente os corações das pessoas. E ela ria, dava aquelas gargalhadas gostosas (sabe aquelas que dá vontade de você rir junto, sem nem saber o porquê?), vendo o mundo inteiro ser banhado em cores que refletiam lindamente com o nascer do sol.
Aí chegava a hora de acordar! Sentava-se na cama ligeiramente e tentava enxergar suas costas. Lá nem havia mais asinhas, nem chuva de arco-íris... só seu quarto, sua cama e o pijaminha. Mas algo ainda permanecia: o sorriso no rosto e a certeza de ter mais um dia inteirinho de trabalho pela frente!
Pensamentinho de Cabeceira:
"Eu apenas queria dizer a todo mundo que me gosta
Que hoje eu me gosto muito mais
Porque me entendo muito mais também"
(Gonzaguinha)

12 comentários:

Anny disse...

Quem dera se todos tivessémos essa coragem e esse amor...
Bjo flor

Max Psycho disse...

olha só, seria esta menininha, a mesma anjinha que escreve este blog??? bjus meu anjo, tenha uma ótima quinta feira e depois um ótimo final de semana

Bonecah de Pano disse...

Adoreeei lindonaa!
Me imagineeei na histórinhaa!
=/
Adoro muito seu blog e seus posts.
=)

Beijo!

mateusbonez disse...

OUUN, perfo sempre c.c'
Nossa nem me fale Sammyra, eu que nao ia largar do teu peéé, ia ser demais \o\. Bom, tudo pode acontecer né, seria uó, eu e vs juntos, só fervo \o/ haha \o\. E um dia farei miojo pra vs ok? E claro, dançaaremos a noite toda UHUL. Estou feliz sim, pq tenho pessoas que mesmo longe, sei que posso contar sempre :D

Grande beijo e esperandote no blog ;D
http://tiomah.blogspot.com/

Moni disse...

a cada dia um recomeço!! lindas palavras! beijos

Andressa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
ºDreº disse...

No próximo post eu contarei o que é. ushaushhs.
Não perca.

•.¸¸.ஐBruneLLa Wyvern disse...

Que leveza de texto!
Quanta beleza nesse seu vôo!!!
beijos e borboleteios^^

Mandy disse...

Seu post ta lindo flor!!! Como sempre né... XD

O importante é continuar seguindo a vida não é msm! E sempre recordar de td de bom q já nos aconteceu!!!

BjO.

Cαгolinα disse...

eu tive a leve impressao de me colocar como personagem dessa história.. muito boa, Sam.. beijao fofa!!!

vou linkar seu blog!! adoro ele!!

Marih disse...

Sabe que eu me identifiquei com a menina????!
Ameiii
Obrigada viu!
Bjãoooo p vc!

Carol disse...

Que menininha fofa!
Distribuindo felicidades e cores por aí, tentando consertar o mundo!
Devia viver uma dessas no interior de cada um de nós!
Bjão!
;***