Borboleteando...

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
A vontade impulsiva de escrever e depois de ver tantos blogs interessantes me levou a criar um também... como borboleta, vou borboleteando por aí, sem saber onde isso vai dar nem onde irei parar... Bons vôos... εïз~*~

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

terça-feira, 26 de julho de 2011

A Borboleta voou...

Este primeiro semestre de 2011 me trouxe surpresas e muito amadurecimento...

Dentre as surpresas que me invadiram, uma delas foi um câncer na Tireóide! Sim, justamente esta glândula em forma de Borboleta situada na base do pescoço! Ironia do destino ou não, justo na Borboleta da garganta... rs!

Acometida por um cansaço sem fim, fadiga nas pernas, sobrepeso sem explicação, mudanças bruscas de humor, cabelo caindo e unhas fracas, já vinha suspeitando de um hipotireoidismo, então procurei ajuda médica para confirmar.

À princípio, a médica que me atendeu achou que fosse emocional, estresse, ansiedade, e sugeriu que tomasse um calmante natural. Contudo, diante de minha insistencia na hipótese de alguma disfunção tireoidiana, ela solicitou o exame de sangue e uma ultrassom do pescoço.

Pois bem, fiz o exame de sangue e, pasmem!, as taxas estavam todas normais, nenhuma alteração nos TSH, T3, T4 e todos os outros Ts, rs! ainda bem que não me conformei e fui, ainda assim, fazer a ultrassom, que mostrou a presença de pequenos cistos e 2 nódulos também pequenos, sendo um no lobo direito e outro no lobo esquerdo.

Fui a um otorrinolaringologista que, ao ver meu exame, disse que eu não tinha nada demais e que deveria tomar um medicamento tal e voltar ao seu consultorio com 20 dias que os nódulos iriam desaparecer.

Voltei na médica que havia me atendido a principio que, munida dos meus exames, afirmou ser caso de cirurgia (Tireoidectomia).

Confusa com as opiniões divergentes, mostrei o resultado a uma endocrinologista que disse ser muito comum o aparecimento destes nódulos, principalmente em mulheres a partir dos 30 anos e, como os meus eram pequenos não precisaria fazer outra coisa a não ser acompanhar o desenvolvimento deles. Segundo esta médica, eu deveria fazer ultrassom do pescoço a cada mês, e, caso os nódulos aumentassem de tamanho, deveria fazer uma punção para saber o porquê do desenvolvimento dos mesmos.

Como, graças a Deus, teimosia e insistência são duas palavrinhas que suuuper combinam comigo, perguntei se não podia fazer logo estas punções, para me tranquilizar logo, o que ela acabou concordando e solicitando a punção.

Fui conversar com outro médico endocrinologista que explicou ser, de fato, muito comum o aparecimento destes nódulos em mulheres de minha idade, que os meus nódulos eram bem pequenos e que geralmente estes nódulos não são malignos, mas que seria prudente fazer uma punção para confirmar.

Fiz a punção e o resultado foi uma Tireoidite Linfocítica no lobo direito e "Achados compativeis com carcinoma papilífero da tireóide" no lobo esquerdo. a palavra carcinoma me tirou o chão! A gente nunca imagina que vai acontecer com a gente né?

Mandei o resultado da biópsia para minha prima Dra Cecília Figueiredo que é endocrinologista em Fortaleza e ela agendou uma consulta com um cirurgião de cabeça e pescoço imediatamente.

Vim até a capital, conheci o Dr. Luis Albano e me encantei com sua competência, simplicidade e didática ao me explicar acerca do meu problema. Realmente eu teria que fazer a Tireoidectomia e seria total. Mas explicou-me também que a cirurgia, apesar de ser com anestesia geral, era de pouco risco, rápida (cerca de 40, 50 minutos) e, correndo tudo bem, no dia seguinte eu já teria alta hospitalar. Preparei, naquele dia mesmo, toda a papelada e na semana seguinte retornei a Fortaleza para me operar. É... minha Borboletinha teria que voar...

Graças a Deus e ao Dr. Albano, a cirurgia foi um sucesso! Realmente era um cancer, mas que estava alojado apenas na tireoide (foi feito o esvaziamento cervical e não deu metástase, graças aos céus). Ainda assim, este maravilhoso médico me incentivou a fazer uma aplicação de iodo (a IodoRadioterapia) para, como diz ele, blindar meu corpo de possíveis investidas, rs!

E aqui estou em Fortaleza outra vez, fazendo os exames necessários para tomar esta aplicação de iodo radioterápico e vencer mais esta batalha!

Alguém pode estar se perguntando o porquê de eu estar expondo minha intimidade aqui no blog... Relutei bastante em escrever sobre este assunto aqui, até porque é um assunto atual em minha vida e que ainda mexe muito com meu emocional, mas senti a necessidade de compartilhar esta experiência para que as pessoas, principalmente mulheres a partir dos 30 anos, procurem fazer exames da Tireóide (insistam no de sangue e na ultrassom para garantir) e, assim como eu, solucionar o problema a tempo, antes de maiores complicações!

A partir de agora minha vida ganha novo sentido, não porque minha Borboletinha deu lugar à "Tireóide da Caixinha do Remédio" que terei que tomar todos os dias até, segundo Dr. Albano, eu morrer com 113 anos de idade, rs! mas porque foi neste momento de medo, ansiedade, luta e valentia que eu percebi o quanto eu sou forte (e às vezes bem fragil) e quem realmente são as pessoas com quem eu posso contar nesta vida!

É fácil ser amigo, parente, família ou o que quer que seja, na teoria... o difícil é a teoria condizer com a prática e a minha Borboletinha voou para me libertar dos amgos e parentes teóricos e me fazer valorizar os que de fato são valorosos. Me fez reafirmar meu amor por alguns que já amava demais da conta, me fez descobrir lealdade, carinho, caridade e compreensão em quem eu jamais esperava e, como não podia deixar de ser, me fez decepcionar-me com as atitudes de outros, mas estes últimos para mim já são desimportantes!

Um brinde à Vida! Um brinde ao Amor! Um brinde aos Amigos de Verdade! E Saúde! Muita Saúde para tod@s nós!

7 comentários:

Claudia e João disse...

Eu nem sabia de tudo isso, apesar de ter desejado um carregamento de saude para voce depois de ver as suas mensagens no facebook. Apenas uma de suas borboletas voou e sabe aquela historia que se voou eh porque nunca foi nossa? Entao, Deus sabia desde o principio que ela precisava ir embora para que todo o resto permanecesse em paz. Ele esta por voce sempre e eu, mesmo bem longe pra dedeu, tambem quero estar. Beijos!

SonhosMeiaQuatro disse...

nossa, passo tanto tempo fora, e qnd volto uma noticia dessas!
mas ainda bem qe deu tudo certo! acho qe foi Deus que mandou eu ler isso daqui! minha mae fez exames esses dias e deu algo na tireóide.. e ela tem 38, vou mandar ela ver isso direito embora esteja esperando os resultados do exame... mas se Deus quiser, nao vai ser nada!!

fico feliz qe esteja tudo bem com vce, as vezes a gnt tem qe passar por certas coisas pra começar a valorizar outras!
boa sorte com tudo!

Ps.: sou a bibi do diarioderolos, mas agr to com esse novo blog, qe acabei d fazer com minhas amgs, se quiser dar uma olhada! :*

Sarinha disse...

Noooossa!
Que tenso!
Mas pode ficar um pouco mais tranquila: voce está a partir de agora em minhas orações!
E tudo se encaminhará na mais perfeita ordem!
Boa sorte. Qualquer coisa to aqui!
te mandando aquela vibe positiva de longe!
beijoo

Deise disse...

Sammyra, boa tarde .. Tentei localizá-la no face mas não consegui. Passei por tudo q vc passou no mês de agosto e venho passando até agora. Quero muito conversar com quem já passou por isso, inclusive quanto ao efeito do iodo no paladar. Você recuperou seu paladar ? Quanto tempo demorou ? Bjs. Deise

Deise disse...

Sammyra, boa tarde. Passei por tudo q vc passou. Desde agosto/11 venho no processo de cirurgia, iodo ... Gostaria de saber se o efeito da falta de paladar devido a iodo para você teve um retorno rápido ou demorou muito . Um abraço. Deise

Sammyra Santana disse...

Deise, querida, fiquei um bom tempo ausente do blog e só agora que vi teu comentário, me perdoe...
Acho até que você jpa deve ter feito a radioiodoterapia...
Parece que esta perda do paladar não acontece com todo mundo. Aconteceu comigo e com a senhora que fez o tratamento junto comigo (minha companheira de internação.
Graças a Deus a perda do paladar é temporária e durou um pouco mais de um mês...
Qualquer coisa me acha no facebook é só procurar Sammyra Santana =)
Abraços

Re SN disse...

Temos muito em comum . Lendo seu blog , me vi escrevendo as mesmas linhas ... Passei por uma tireoidectomia total , por suspeita de carcinoma papilifero ,no último dia 12/9 . Graças a Deus , estou bem e os tumores eram pequenos e localizados . Não precisarei fazer iodoterapia . Senti os mesmos medos e angústias que você descreveu . Também me decepcionei com algumas pessoas , porém descobri que sou mais querida por outras do que imaginava ! Hoje vejo a vida sob outra perspectiva . Assim como você , também pensei em escrever um blog , compartilhando minha experiência , esperando ajudar outros que estejam passando por situações semelhantes . Parabéns pela sua iniciativa ! E um brinde à vida , que é linda !