Borboleteando...

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
A vontade impulsiva de escrever e depois de ver tantos blogs interessantes me levou a criar um também... como borboleta, vou borboleteando por aí, sem saber onde isso vai dar nem onde irei parar... Bons vôos... εïз~*~

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

sábado, 20 de março de 2010

Cansada...

Meu pensamento não quer pensar
Paulinho Moska

Meu pensamento não quer pensar
ele está com preguiça de se levantar
Depois de um sono tão profundo
é duro acordar e ver que no mundo
tudo é novidade, mas eu já conheço
Então volto a dormir que é pra ver se me esqueço
Que meu pensamento não quer pensar

e para apreender eu vou ter que apanhar
pois só assim que o ser humano evolui
Só assim serei o que nunca fui
Tudo é tão velho e eu ainda nem nasci
O tempo nunca passou e eu nem percebi
Que o meu pensamento não vai pensar

enquanto eu não fizer seu coração vomitar
toda a consciência que não o deixa em paz
com os mesmos padrões de séculos atrás
com as mesmas paixões por coisas absolutamente banais.

Cansada... de corpo e alma...
Meu pensamento também não quer pensar não, meu caro Moska...
Deixa estar...

Pensamentinho de Cabeceira:
"Sabe o que eu falso da minha vida?
Eu falso da minha vida o que eu quiser."
(Paulinho Moska)

13 comentários:

Lis. disse...

Sammyra,

Grato pela sua presença e lembre-se que mesmo dentro das impossibilidades do seja lá o que for, sempre haverá lições de vida a serem vistas com entusiasmo e alegria.

Lembrei até de um exemplo:

Um velhinho vivia sozinho em Minnesota.
Ele queria cavar seu jardim, mas era um trabalho muito pesado. Seu único filho, que normalmente o ajudava, estava na prisão. O velho então escreveu a seguinte carta ao filho, falando de seu problema:

"Querido filho, estou triste porque, ao que parece, não vou poder plantar meu jardim este ano. Detesto não poder fazê-lo porque sua mãe sempre adorava a época do plantio depois do inverno. Mas eu estou velho demais para cavar a terra. Se você estivesse aqui, eu não teria esse problema, mas sei que você não pode me ajudar com o jardim, pois está na prisão.

Com amor, papai"

Pouco depois o pai recebeu o seguinte telegrama:

"PELO AMOR DE DEUS, papai, não escave o jardim! Foi lá que eu escondi os corpos!"

Às quatro da manhã do dia seguinte, uma dúzia de agentes do FBI e policiais apareceram e cavaram o jardim inteiro, sem encontrar nenhum corpo.

Confuso, o velho escreveu uma carta para o filho contando o que acontecera.

Esta foi a resposta:

"Pode plantar seu jardim agora, pai. Isso é o máximo que eu posso fazer no momento."

Bom dia pra ti.

Sarinha disse...

nem poosso me dar ao luxo de não querer pensar gemea !
mas a preguiça tá monstraaa !! :D

bjooo

Paty disse...

LindoO poemas... Bjs

tem selinho lah no meu blg..do dia do blogueiro.

bjs

Pico Pereira disse...

Muito boa.

Babi Mello disse...

Sammyra que contemplação, vc deve ter pensado muito diante desse horizonte.
bj!

JIME disse...

"Somos o que pensamos. Tudo o que somos surge com nossos pensamentos. Com nossos pensamentos, fazemos o nosso mundo."

Beijos Sam.

Vanessa Souza Moraes disse...

O Moska é maravilhoso. Sempre tanto a dizer nas letras.

Lusinha disse...

Só me resta a desejar um bom descanso pra você. ;)
Bjitos!

JIME disse...

Olá Sam!
Tem selinho pra voce.
Passe pra pegar.
Beeeeiiijooossss.

Tay disse...

Oi amore q bom te ver la no meu canto...adorei mesmo!
saudades daki..
bj

Vandi disse...

as vezes eu me sinto assim ...
vontade de nãao pensar em nada
especialmente não lembrar de nada


bom fim de semana
beijos

Emanuella Goldman disse...

Oi Adorei o seu blog!!! as postagens são ótimas e causa efeitos...PENSAMENTOS BONS..rsrsr
tô te seguindo bjãoOoO

ventosnaprimavera disse...

Vim conhecer seu blog, lindo demais.Seus textos são ótimos.Se puder siga meu blog
ventosnaprimavera.blogspot.com

Sabe, tenho um blog vom poesias infantis também, e tem uma poesia que acho que vc gostará, falo de borboleta
sonhodepequenino.blogspot.com

Faça uma visita, desde já agradeço.Tudo de bom.Arnoldo Pomentel